Como Treinar a Mente para Ficar mais Inteligente: 7 Dicas Comprovadas

Para treinar a mente para ficar mais inteligente é preciso ter foco e saber que esse é um processo construído diariamente. E existem diversas atividades que podemos inserir na rotina de forma a nunca cansar e aumentar o conhecimento, habilidade e capacidade cognitiva.

De forma a ajudar a alcançar a maestria e se tornar uma pessoa mais inteligente é preciso saber qual o seu objetivo e onde você pretende aplicar a sua inteligência. Assim, é possível construir o seu próprio percurso.

Principais tipos de inteligência

Existem diversas perspectivas e dinâmicas de inteligência. Ser capaz de entender, dominar, tocar, cantar ou memorizar músicas com facilidades são características ligadas a inteligência musical. E como essas existem diversos outros tipos.

Para facilitar, listamos as principais formas como a ela pode se manifestar. Mas é muito importante que você saiba que as pessoas tendem a ter mais de uma, na verdade, várias inteligências.

Não de forma completa, mas aptidões para campos diferentes. Ou seja, proporções. Mas é claro que nada vem de graça, portanto, o que melhorar irá se desenvolver é o campo que você mais explorar.

Mas se atente as principais categorias de inteligência a seguir e avalie a que se encaixa com o seu perfil e objetivo para ficar inteligente mais rápido.

Inteligência linguística: essa inteligência diz respeito à capacidade linguística, de comunicação, escrita e aprendizagem de outros idiomas.

inteligência lógica matemática: é aquela inteligência clássica em que as pessoas tem facilidade com problemas lógicos e matemáticos e usualmente possuem um senso de organização apurado.

inteligência intrapessoal: diz respeito a capacidade de autoconhecimento e empatia. Pessoas com esse tipo raro de inteligência são capazes de perceber rapidamente os sentimentos dos outros e lidar com eles. Não são tão ativos, mas costumam ser líderes do tipo façam o que falo.

inteligência motora: pessoas com esse tipo de inteligência possuem uma percepção de localização, distância e espaço muito apurada, além de grande capacidade de controle dos movimentos voluntários.

inteligência emocional: essa inteligência é muito famosa no mundo corporativo, mas é na realidade a junção de duas formas de inteligência: intrapessoal e interpessoal. Em essência, quanto maior sua inteligência emocional, maio a sua capacidade de se relacionar com os outros e de ter empatia.

5 principais formas de exercitar a mente para ficar mais inteligente

Leitura

Seja qual for o tipo de inteligência que você possua e queira treinar ou reforçar, a leitura é a melhor forma de alcançar níveis altos de desempenho. Ela vai aumentar o seu conhecimento sobre o tema do seu interesse.

Além do acúmulo de conhecimento que a leitura proporciona, é possível estimular a criatividade e o foco. O ideal é que você construa uma rotina que inclua um período para a leitura.

Exercícios e alimentação

Pode ser uma caminhada pela manhã ou ao final do dia, mas o ideal é que você pratique exercício físico. Manter o seu corpo ativado é uma forma de manter o seu cérebro ativo e ágil.

Outro cuidado é a alimentação. É preciso nutrir seu corpo com boa alimentação e fazer uma boa ingestão de água. Sem as condições necessárias perde-se muito em qualidade de aprendizagem e nos momentos de necessidade a capacidade de resgatar a memória fica defasada.

Portanto, não deixe de lado os cuidados com o corpo e a saúde de modo geral. Sem um bom funcionamento do corpo (e do cérebro por consequência), não existe inteligência.

Desligar e Meditar

Boa parte do tempo passamos fora de casa trabalhando e usando redes sociais. Mesmo distantes é possível mandar uma mensagem de texto, foto, vídeo ou tudo isso ao mesmo tempo.

E se levarmos em conta a quantidade de informação e estímulos que estamos expostos durante todo o dia na rua, na internet, nas redes sociais, jornais e em conversas com colegas é natural que as pessoas fiquem estressadas.

Quanto maiores os níveis de estresse mais difícil o funcionamento do cérebro e a manutenção do seu processo de aprendizagem.

Além disso, sem um corpo funcionando adequadamente nos momentos em que for preciso pensar, realizar conexões e encontrar soluções que demandem foco e atenção, seu corpo e sua inteligência podem te deixar na mão.

Escrever

Escrever é a única forma de expandir a sua capacidade mental. Ou seja, você retira pensamentos completos por meio do texto para um formato externo que pode ser consultado.

Além de garantir a continuidade e gerar facilidades para você, escrever vai fazer sua mente ficar mais inteligente pois ao escrever ela precisará funcionar muito bem.

Será preciso pensar, construir ideias plausíveis e externalizá-las por meio da linguagem. O que vai auxiliar o desenvolvimento e a fixação do aprendizado.

Assistir séries, filmes e documentários

Pode parecer coisa boba, mas ao assistir um filme nos deparamos com uma narrativa contada na perspectiva oral, ou seja, ouvimos (ou lemos se estiver legendado) e visual – as cores, roupas, cenários e gestos dos personagens contam histórias.

Isso vai exercitar a nossa atenção, capacidade de perceber narrativas e memória. Assistir em especial documentários é uma forma de aguçar nossa capacidade de interpretação e memorização aumentar a quantidade de conhecimentos que possuímos.

Cursos de atualização

Estudar é muito importante. Seja em um banco de escola, faculdade ou cursos de atualização e capacitação. Contar com professores capacitados e absorver o conhecimento que eles transmitem no curso é uma ótima forma de exercitar a mente para ficar mais inteligente.

Além de manter atualizado com os conhecimentos necessários de determinadas profissões.

Networking

Sabe aquela frase, “você é a média das cinco pessoas com quem mais convive?”, exatamente. Esteja com pessoas interessantes e inteligentes, absorva e seja motivado por essas pessoas.

O networking é uma ótima forma de aplicar o conhecimento, aprender e colher os frutos de todos os exercícios para a mente ficar mais inteligente, além dele próprio ser um exercício.

Diferente de apenas estar com amigos, no networking usualmente se encontra pessoas mais próximas dos seus interesses profissionais e acadêmicos. Invista nisso.